Barulho no elevador: como resolver este problema


Barulho no elevador é sempre o motivo de algumas tensões dentro de um edifício.
E os motivos por trás podem ser: reformas, trabalho, música, falhas na instalação de equipamentos ou, até mesmo, os elevadores.
O que pode ser ainda mais incomodo para os moradores do último andar.
Sendo assim, para resolver este problema e restaurar a harmonia é necessário que condôminos e síndico concordem, para procurar uma solução o mais rápido possível.
Na tentativa de ajudar a resolver esta questão, vamos abordar neste artigo o que é considerado por lei um ruído excessivo, as peças e falhas que podem causar estes barulhos e quais medidas tomar para solucionar este problema.

Quando um barulho pode ser considerado excessivo?

Segundo a Norma Brasileira (NBR) 10.151/2000, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), determina que o ruído dentro de áreas residenciais não ultrapasse:

  • 55 decibéis durante o período diurno, das 7h às 20h;
  • 50 decibéis durante o período noturno, das 20h às 7h;

Entretanto, isso não quer dizer muita coisa pois:

  • 50 decibéis é equivalente a uma conversa em tom baixo ou uma rua sem tráfego;
  • 55 a 65 decibéis, corresponde a uma rua com trânsito normal ou televisão com volume médio;
  • 65 a 70 decibéis, é considerado desagradável como um secador de cabelo ou uma praça de alimentação cheia.

Quando falamos de elevadores é importante destacar que barulhos esporádicos que não perturbem o(s) morador(es) não se encaixa em barulho excessivo. Para se enquadrar nesta categoria o ruído deve ser incômodo e persistente, causando interferência sonora constante.

O que pode estar causando o barulho no elevador

O barulho no elevador pode ser causado por dois motivos: falha em algum componente da estrutura do elevador ou quebra/desgaste de alguma peça dentro deste sistema. Entretanto o diagnóstico só pode ser realizado pela equipe de manutenção de elevadores.

Falha em componentes

Primeiramente é importante entender que o elevador é uma estrutura composta por elementos, que estão sujeitos a deterioração e falhas. Sendo assim cada elemento deste sistema está sujeito a falhas ou mau funcionamento.

Peças desgastadas ou quebradas

Quando o ruído é causado por alguma peça quebrada é algo muito mais sério e, normalmente, a causa está nas partes deslizantes. Quando elas estão com defeitos ou quebradas o barulho no elevador se faz presente, principalmente, quando ele está em movimento.

Além disso outros componentes que podem acabar avariados são, as portas, devido o constante uso, trilhos, cabos de aço colidindo com a parede ou o motor do elevador, que por sua vez podem se tornar os grandes vilões por traz do barulho.

Afinal os motores mais robustos em uma casa de máquinas sem isolamento acústico pode incomodar muito os moradores, principalmente aqueles dos últimos andares. Outros problemas podem aparecer devido a uma peça defeituosa ou instalação incorreta do sistema.

Barulho no elevador: como resolver este problema

O papel dos técnicos da manutenção

Eles tem um papel muito importante pois são responsáveis por avaliar cada parte da estrutura, para encontrar a razão por trás do barulho no elevador. Então cada peça, mecanismo e até o sistema de controle serão averiguados.

Contudo a sua importância não se limita a resolução de problemas, eles são fundamentais para prevenção destes percalços. Posto isso, é importante ressaltar a importância de manutenções preventivas em seu elevador.

Como se resolve o barulho no elevador?

O primeiro passo e o mais importante é contactar a equipe de manutenção do elevador, para que seja definido o diagnóstico do problema. A partir dai há duas situações: O edifício é novo e o elevador já apresenta barulhos ou o elevador não fazia barulho, mas com o tempo isso apareceu e se agravou.

Quando o edifício novo é entregue com barulhos

Neste caso a resolução deve ser cobrada, diretamente, da construtora. Afinal sossego é um direito dos moradores, logo ele não pode receber um apartamento onde ele se sinta desconfortável. Sendo assim pode ser realizada a troca do equipamento ou a instalação do isolamento acústico adequado.

O elevador começa a apresentar barulhos com o tempo

Neste caso, contacte o técnico responsável, ele dirá qual é o motivo do barulho e o que será necessário para resolver esta situação. Pode ser o caso de trocar alguma peça da estrutura do elevador ou uma modernização estrutural.

Conclusão

Como você pode ver o barulho no elevador pode dar muita dor de cabeça para o síndico e moradores. Por este motivo a manutenção preventiva é tão importante, afinal ela vai garantir que estes pequenos problemas estruturais não acontecerão, mantendo o elevador livre de ruídos.

Se seu elevador está apresentando barulhos confie na Crel Elevadores para diagnosticar e resolver este incomodo, afinal nosso foco é proteger e garantir a satisfação de nossos clientes!

E se você gostou de nosso blog leia nosso artigo sobre Manutenção preventiva!

Posts Relacionados:

manutenção de elevadoresManutenção

Manutenção de Elevadores: quando e como realiza-la

Ler artigo
Manutenção

O guia completo da manutenção de elevadores

Ler artigo
Manutenção

Barulho no elevador: como resolver este problema

Ler artigo

Compartilhar: