Entenda qual a importância das corrediças em um elevador


Os elevadores, são equipamentos de muita importância para as edificações verticais. Os mesmos, são usados por uma grande quantidade de pessoas todos os dias.

Em geral, o elevador é um equipamento de uso coletivo. Por isso, muitas vezes, não nos damos conta do quanto eles trabalham e precisam de certos cuidados com manutenções.

Um elevador é composto por inúmeras peças que são muito importantes para garantir seu bom funcionamento.

Hoje, vamos falar sobre as corrediças de cabina, um dos componentes que ajudam o elevador em seu deslocamento.

Portanto, se você quer conhecer melhor esse item, continue a sua leitura e saiba mais sobre o tema.

O que é uma corrediça de elevador?

Antes de falarmos sobre a importância que esse item tem em um elevador, e como ele pode garantir a melhor funcionalidade do mesmo, você precisa entender o que é uma corrediça.

Essa peça, tem uma das principais funções dentro do equipamento, que é: fazer com que a cabina movimente-se pelas guias, que podem até ser comparadas com os trilhos de um trem.

Para ajudar a reduzir o atrito da movimentação entre a cabina e as guias, esse conjunto possui nylons. Porém, como em qualquer outra peça, com a frequência de uso, o item pode ir se desgastando com o tempo. Por isso, as manutenções preventivas garantem a boa atividade do mesmo.

Qual a finalidade da corrediça de elevador?

A corrediça de elevador, conta com duas funções que são essenciais para esse componente. Ela é a total responsável por manter os conjuntos de cabina e de contrapeso alinhados nas guias.

E por fim, uma outra finalidade que a mesma oferece, é o fato de evitar barulhos no trajeto do elevador, que, em geral, são causados por meio do contato de partes mecânicas desses conjuntos com as guias (trilhos).

Como ocorre o desgaste da corrediça de elevador?

Os desgastes das corrediças, podem acontecer de diversas formas. Entretanto, hoje vamos te fazer entender como esse desgaste pode acontecer por meio de uma comparação entre o pneu de um carro com as corrediças da cabina e contrapeso.

Em um carro, os pneus sofrem o atrito com o asfalto e, por consequência da quilometragem rodada, esse item se desgasta, fazendo com que haja a necessidade de sua substituição.

Quando falamos de um elevador, as corrediças da cabina e do contrapeso, também tem o seu desgaste ocasionado pelo atrito com os trilhos, havendo, então, a necessidade da sua troca.

Descubra o que pode acontecer caso ocorra o desgaste na corrediça

Existem muitos fatores que podem ocorrer com o seu elevador, caso ele tenha o desgaste nas corrediças, como por exemplo:

  • O acionamento do sistema de freio de segurança que está instalado normalmente na parte inferior da cabina;
  • Prender os passageiros em viagens motivadas pelo acionamento do freio de segurança;
  • Maior tempo de parada do elevador para reparo;
  • Comprometimento de outras peças;
  • Sujeitar o condômino a um maior gasto com os reparos do equipamento.

Por isso, fazer as manutenções periódicas em seu elevador, é vital para que essas peças desgastadas sejam trocadas e não causem nenhum problema mais grave em seu equipamento ou, que comprometa a segurança dos seus passageiros.

a-manutenção-periódica-oferece-diversos-benefícios

A importância da manutenção periódica em elevadores

Da mesma forma que um prédio precisa de manutenção, com um elevador essa prática não pode ser diferente. Esses equipamentos precisam de análises regulares, para oferecer a segurança necessária e uma boa vida útil.

A manutenção de um elevador existe para evitar a degradação da máquina como um todo, causada pelo desgaste natural das peças que compõem o mesmo.

Também conhecida como manutenção preventiva, esse tipo de cuidado é obrigatório por lei. Pois, se não for tomado, coloca em risco a segurança dos passageiros que fazem o uso do equipamento.

O que é a manutenção periódica?

Esse tipo de cuidado, também conhecido como manutenção preventiva, é feito de forma regular, com o intuito de prevenir paradas ou falhas do elevador. Além de ter como foco, acima de tudo, manter a segurança dos usuários e preservar a vida útil da sua máquina.

Ao fazer essa manutenção de forma frequente, as chances de ter quebra de peças, desgaste do equipamento e riscos de acidentes tornam-se mínimas.

Sendo assim, torna-se possível diminuir, também, os gastos a longo prazo. Pois, evita eventuais manutenções corretivas, que podem levar ao alto custo de peças para a assistência.

Em qual frequência a manutenção é feita?

Antes de fazer a manutenção, o mais indicado é buscar a especificação de cada equipamento para saber em qual período ela deve acontecer.

Entretanto, indica-se que, no mínimo, uma manutenção mensal seja feita. Porém, combina-se com as inspeções necessárias, tendo a certeza de que nada ficou para trás.

Ademais, é importante lembrar que, ao realizar a manutenção periodicamente, torna-se possível a diminuição de gastos, fora todas as outras vantagens que a mesma tem a oferecer.

Qual a melhor empresa para realizar a manutenção do meu elevador?

A dúvida que muitas pessoas tem na hora de fazer a manutenção do seu equipamento, é sobre qual o melhor lugar para realizá-la.

A Crel, é especialista em manutenção de elevadores. Possuímos colaboradores altamente capacitados para realizar os serviços de manutenção.

Além disso, os nossos contratos atendem multimarcas de elevadores. Ou seja, podemos fazer a manutenção em todas as marcas desses equipamentos, mantendo o nível de qualidade dos nossos serviços.

Então, se você deseja saber mais sobre a nossa manutenção, acesse o nosso site e fale com um especialistas!

E, se você gostou desse conteúdo e quer ler mais artigos como esse, continue de olho em nosso blog e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

Posts Relacionados:

corrediça-de-cabina-ajuda-na-diminuição-de-ruídosManutenção

Entenda qual a importância das corrediças em um elevador

Ler artigo
como-evitar-acidentes-em-escadas-rolantesInformativos

Escadas rolantes: cuidados que podem te ajudar a evitar acidentes

Ler artigo
atenção-ao-entrar-no-elevador Manutenção

DEGRAUS NO ELEVADOR: SAIBA COMO EVITAR QUE ESSE DEFEITO CAUSE ACIDENTES

Ler artigo

Compartilhar: