O que é uma manutenção preventiva?

Entenda o que é o tamanho da importância de uma manutenção preventiva

Se você é o responsável pelos elevadores no seu edifício já deve saber o quanto é fundamental cuidar destes equipamentos.
Além de serem um dos meios de transporte mais seguros do mundo, eles também são um dos mais utilizados.
E, justamente por isso, é essencial manter os elevadores sempre em dia, com peças e componentes em pleno funcionamento.

Ainda que os elevadores sejam, de fato, considerados o meio de transporte mais seguro do mundo, toda essa segurança é resultado de uma série de fatores.
Sem dúvidas, toda a engenharia por trás da construção das máquinas é fundamental, mas existe um ponto-chave e indispensável: as manutenções.

Existem três tipos principais de manutenção: a corretiva, a preditiva e a preventiva, que será o foco deste texto.

Então entenda a diferença entre estes tipos de manutenção e conheça mais sobre a manutenção preventiva e sobre a sua importância. Boa leitura!

Os tipos de manutenção

Como você viu há pouco, as manutenções de elevadores costumam ser classificadas em três tipos. Então vamos entender cada um separadamente.

Corretiva

Tem como objetivo corrigir problemas de forma mais emergencial e pontual. Normalmente é solicitada em casos onde o elevador sofreu algum tipo de pane ou teve seu uso interrompido por algum outro problema.

Preditiva

Para todos os tipos de elevador, sejam residenciais, elevadores de carga ou em edifícios, é este o tipo de manutenção que busca antever os problemas. Nela, o elevador é avaliado e as peças e seus desgastes inspecionados. Desse modo, busca-se compreender a possibilidade de falhas acontecerem.

Preventiva

É a manutenção que acontece de forma periódica, a mais completa. É durante a manutenção preventiva que são realizadas limpezas, lubrificação e também avaliados critérios como desgaste de peças e o funcionamento do elevador. Além disso, nela são ajustados todos os detalhes do elevador, referentes à performance, estética e principalmente a segurança.

A importância da manutenção preventiva

Toda manutenção é importante. Mas do ponto de vista da segurança, a manutenção preventiva se destaca.
Isso porque é ela que vai indicar os possíveis problemas do elevador, seja em seus componentes ou seu mal alinhamento com os pavimentos, por exemplo.

Dessa forma, ela é considerada a manutenção que abre os caminhos para a garantia de segurança e conforto.

Por isso, recomenda-se que as manutenções preventivas sejam realizadas ao menos uma vez por mês. Dessa forma, quaisquer defeitos ou problemas podem ser rastreados e os equipamentos estarão sempre sendo observados. A periodicidade no cuidados dos elevadores é fator preponderante para a garantia de segurança!

Importância traduzida em lei

Como você pôde ver até aqui, a manutenção preventiva é importantíssima. Como consequência disso, muitas cidades acabaram tornando a sua realização obrigatória, de forma mensal.

Vale lembrar que a legislação sobre os cuidados com os elevadores tem caráter municipal, e pode ser diferente de uma cidade para a outra. Mas a importância das manutenções preventivas é a mesma sempre, em qualquer lugar.

O que pode ser evitado com as manutenção preventiva

Ao realiza-la de forma correta e na periodicidade ideal, esta manutenção traz benefícios enormes a quem utiliza os elevadores e aos seus responsáveis. Por exemplo, a taxa de acidentes é reduzida, basicamente, à zero.

Mas, na prática, existe uma série de melhorias que ela pode trazer, como as que você verá abaixo.

manutenção preventiva

Mal funcionamento das portas

Um dos principais problemas que podem ser evitados com a manutenção de elevadores é a falha nas portas. Isso se deve ao fato das panes nos sensores que identificam as pessoas que vão entrar e sair do equipamento. Desse modo, é preciso parar a máquina e fazer a manutenção, pois esse defeito pode acabar causando acidentes.

Velocidade desregulada e paradas não programadas

Sem dúvida, esse problema incomoda muitos passageiros. Pois velocidades muito rápidas podem causar tonturas e inseguranças em relação ao equipamento. Da mesma forma, pausas inesperadas podem gerar crises de ansiedade e mal-estar. Por isso, sempre que o elevador apresentar oscilações em sua velocidade e panes, o indicado é entrar em contato com a empresa de manutenção, para interromper seu funcionamento e resolver a situação.

Barulhos e desgastes

O rolamento, por exemplo, é um dos elementos que fazem o equipamento funcionar normalmente. Ele é o responsável pela redução de atrito entre as demais partes que se movimentam. Mas, caso ele não receba os cuidados adequados, pode apresentar alguns defeitos. Dessa maneira, os barulhos podem indicar problemas como no motor e no desgaste das peças. Neste caso, a solução é chamar o serviço de manutenção para que o local do erro seja prontamente identificado.

Desnível entre elevador e pavimento

Um dos problemas que podem ser evitados com a manutenção preventiva nos elevadores são os degraus que se formam na porta do equipamento. Muitas pessoas acabam muitas vezes não prestando atenção, mas o defeito, que surge por conta de mau nivelamento, pode causar tropeços e até acidentes mais graves. Por isso, os responsáveis pelo prédio devem colocar placas indicando o problema e investir na manutenção para que o defeito seja minimizado e resolvido.

Manutenção preventiva: a melhor forma de evitar problemas

Não há melhor forma de evitar o acidentes e diversos outros problemas do que com as manutenções. E quando se trata de elevadores, a forma ideal de se prevenir através da realização periódica das manutenções.
Sabemos que muitos problemas acabam surgindo do nada, mas grande parte deles acontece como consequência, no uso constante do elevador.

Portanto, estar ciente do estado dos elevadores do edifício, acompanhando seu desempenho é fundamental. E é através da manutenção preventiva que é possível alcançar esta consciência.

A manutenção preventiva exige qualidade e confiança

A essa altura do texto você já sabe que as manutenções preventivas não podem deixar de ser realizadas. Mas, mais do que realizá-las, é preciso contar com uma empresa que cumpra com a sua função, fazendo as manutenções de forma profissional, leal e visando a segurança dos usuários dos elevadores.

A Crel Elevadores está neste mercado desde a década de 80, e atua com foco na proteção dos passageiros e satisfação de seus clientes.

Continue no nosso blog e leia nosso texto com 10 perguntas para fazer antes de contratar a empresa que fará a manutenção dos seus elevadores.