Tudo o que você precisa saber sobre a escada rolante

Presente em diversos estabelecimentos como shoppings, aeroportos e supermercados, a escada rolante é um meio de transporte muito prático. 
Permitindo com que pessoas se movimentem de um piso a outro basicamente sem se mexer, ela é inclinada e composta por degraus, podendo se mover para cima ou para baixo.

Quem é que não gosta de se movimentar com praticidade e agilidade? É para isso que alguns meios de transporte foram inventados e evoluíram tanto em nossa sociedade.
Hoje, além daqueles que podemos ver nas ruas, como carros, ônibus, motos e bicicletas, temos meios de transporte utilizados dentro das construções, como elevadores e escadas rolantes.
Também presentes em ambientes residenciais, eles são vastamente utilizados em ambientes comerciais, principalmente a escada rolante.
Este equipamento, que chegou a ser ponto turístico em algumas cidades do Brasil no seu surgimento, está presente em muitos lugares atualmente.
E hoje você vai poder acabar com as curiosidades acerca deste meio de transporte, conhecendo mais sobre seu funcionamento, história, utilização e custo.

A história da escada rolante

Inicialmente conhecida como elevador inclinado, a primeira escada rolante surgiu em Nova York, nos EUA. Ela foi instalada no dia 16 de janeiro de 1893, no Old Iron Pier, em Coney Island.
Por lá, o equipamento ficou cerca de duas semanas. Posteriormente, ela foi transportada para a Ponte do Brooklyn. Estima-se que, somente nessas duas semanas no Old Iron Pier ela tenha transportado cerca de 75 mil pessoas.
Aqui no Brasil as escadas rolantes começaram a ser produzidas em 1947. A princípio, sua utilização habitual era em lojas de departamentos. No entanto, com o surgimento de shoppings e das estações subterrâneas de metrô, o equipamento foi ganhando popularidade. Atualmente, a maior escada rolante do Brasil está no Metrô de São Paulo, na estação República. Ela possui 32 metros de comprimento.

Como funciona uma escada rolante?

Apesar de possuírem um mecanismo engenhoso, as escadas rolantes funcionam de forma bastante simples.
Ela é formada por uma corrente composta pela união de degraus. Eles se movem em movimento circular e contínuo, como um carrossel. Uma máquina de tração é responsável pelo acionamento do equipamento, então os degraus percorrem o caminho que vai do início ao fim da escada. Em sequência, eles se curvam e fazem o caminho inverso por baixo da escada.
Cada um dos degraus possui conjuntos de rodas. Um percorre o trilho guia e o outro fica acoplado na corrente de acionamento.
Enquanto a engrenagem de cima é acionada diretamente pelo motor, a de baixo somente acompanha a primeira, deslizando ao longo do trilho e ajudando a movimentar a escada.

A utilização da escada rolante

Algumas dicas são fundamentais para o momento de uso do equipamento, tanto para garantir a segurança dos passageiros quanto para a manutenção da praticidade, que é o seu propósito.

Fique à direita

Apesar de esta não ser uma regra oficial, ela é adotada em diversos lugares onde, possivelmente, você encontrará pessoas com pressa, como em rodoviárias, metrô e aeroportos.
Mantendo-se à direita, você libera o espaço da esquerda para quem se movimenta junto da ação da escada. Desse modo, é possível evitar esbarrões, atropelos e possíveis desentendimentos.

Não congestione frente a escada rolante

Não fique parado ou circulando em frente o local onde as pessoas embarcam ou desembarcam do equipamento. Desse modo a passagem fica desobstruída e os passageiros têm mais tranquilidade para se movimentarem. Além disso, também se reduzem os riscos de esbarrões e outros possíveis acidentes.

escada rolante

Escada rolante não é brinquedo

É comum que crianças se encantem pela escada rolante e tentem utiliza-la para brincar. No entanto, apesar de também estarem presentes em parques de diversões, o seu propósito não é recreativo.
Portanto, fique atento com as crianças e garanta viagens tranquilas e seguras com elas.

Dicas gerais de segurança

  • Ao colocar a mão no corrimão da escada rolante você passa a ter a mesma velocidade que ela. Portanto, só faça isso quando tiver certeza de que vai utilizar o equipamento;
  • Mantenha-se afastado dos rodapés da escada;
  • Não coloque os pés na lateral fixada ao vidro;
  • Nunca sente no corrimão da escada rolante;
  • Carrinho de bebes ou de bichinhos de estimação são proibidos em escadas rolantes;
  • Evite descer e subir pelas escadas com o colo;
  • Cuidado com as roupas longas, pois elas podem enroscar nos degraus da escada;
  • Chinelos, calçados soltos e tênis desamarrados também são perigosos, já que podem ficar presos aos degraus.

Quanto custa uma escada rolante?

Assim como o comprimento e os componentes de uma escada rolante podem variar, seu preço também é variável. O equipamento pode custar entre 150 e 250 mil reais.
Além do custo da escada e da instalação, é importante ressaltar que este é um equipamento bastante utilizado. Por isso, é fundamental manter uma rotina de manutenção adequada, que seja coerente com a sua rotina de uso.

A Crel Elevadores

Especialista na instalação e manutenção de equipamentos que promovem acessibilidade, a Crel Elevadores possui 40 anos de dedicação e experiência.
Com um time disponível 24 horas por dia, a missão da Crel é prestar os melhores serviços, utilizando tecnologia e trabalhando com integridade para garantir a satisfação de todos os nossos clientes.
Acesse o nosso site e conheça mais sobre a empresa e nossos produtos!