Elevadores residenciais e raios: entenda essa relação e proteja seu equipamento

Basta chover que muitos locais são afetados com queda de energia. Inclusive os elevadores residenciais, que não funcionam corretamente em situações como esta. Neste post vamos entender a relação das chuvas e raios com os elevadores. Além disso, como proteger seu equipamento e usuários de possíveis sustos.

 

Raios x Elevadores Residenciais

Os raios são resultado de descargas elétricas frutos de atritos entre as massas das nuvens, e os trovões provém da expansão de massas de ar aquecidas pelos raios. Assim, ao caírem podem causar muitos prejuízos, inclusive nos elevadores residenciais.

A oscilação da energia já traz consequências, como a queima de motores e componentes eletromecânicos ou eletrônicos nos quadros de comando e fiação dos elevadores residenciais. Pois para evitar esta situação é preciso que os para-raios estejam em dia e o aterramento seja feito nos imóveis.

 

Para raios e aterramento

Para manter os elevadores residenciais e os usuários dos condomínio em segurança, alguns itens são essenciais: um para-raios e o aterramento do imóvel. O para-raios é uma haste de metal pontiaguda que é conectada a cabos de cobre, ou de alumínio de pequena resistividade, e que vão até o solo.

Já o aterramento é um conector que possui valor igual a zero volt, e é responsável por eliminar toda a carga eletrostática descarregada para a terra. Este processo é feito através de uma viga cravada na Terra, conectada a um fio, percorrendo todo o trajeto.

 

Raio atingindo prédios com elevadores residenciais

Segurança nos elevadores residenciais

Sobretudo em dias de chuva, todo cuidado é necessário com os elevadores residenciais. Ainda mais que este tipo de equipamento não pode ter contato com água! Sendo assim, em caso de acesso de água à casa de máquinas, ela pode chegar ao poço do equipamento. E neste caso, é preciso que o elevador seja desligado.

Outras medidas preventivas também estão incluídas, como o desligamento da chave geral e a comunicação à empresa responsável pela conservação da máquina. Por fim, o elevador só pode ser ligado com uma orientação do técnico.